Google+ Badge

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Então, olha que elefante rosa legal aquele ali!

Então pessoal, estava com saudades de escrever e me comunicar com vocês leitores do blog. Espero que tenham gostado do trabalho que estamos fazendo até agora. Aproveitando essa onda de postagens acerca de gorduras e a redenção das mesma estava eu aqui pensando e por que não  fazer uma postagem sobre uma droga lipossolúvel. Eu sei que tinha dito estou  me regenerando e agora só drogas licitas no blog e coisas assim, mas eu me perguntei e por que não continuar no sub- mundo das drogas ilícitas  no fim existem muitas informações discordantes acerca do tema, logo eu posso pensar nesse blog como uma luz na busca por conhecimento sério e imparcial sobre drogas e seus efeitos sendo assim já gostaria de deixar um link muito instrutivo que eu encontrei no youtube o qual levará a um fantástico documentário sobre o LSD o qual     será meu foco nesta postagem. Espero que todos gostem das informações e mãos a obra.
Nesse vídeo temos muitas informações muito interessantes sobre o assunto LSD. Mas existem alguns problemas quanto ao contexto de contaminação do próprio Albert Hoffmann, visto que o LSD não é absorvido pela pele.
O LSD foi criado por Albert Hoffmann esse camarada que aparece aqui na imagem ao lado. Ele era um químico Suíço que estava trabalhando para um laboratório de uma companhia farmacêutica chamada Sandoz. A companhia estava fazendo estudos sobre um fungo chamado Claviceps Purpurea, conhecido como esporão do centeio. Então um belo dia o Doutor Hoffmann, reparem no doutor, isolou o um composto que chamou de LSD-25. Na época da descoberta da substância ela caiu no esquecimento sendo sintetizada novamente por ele somente 5 anos depois. Foi quando ele descobriu os efeitos da substância ao se contaminar acidentalmente com a droga. 
    Passando informações mais técnicas. A droga age nos receptores de serotonina, para aqueles que não se lembram segue um pequeno lembrete, a serotonina é um neurotransmissor responsável pela transmissão de impulsos elétricos do cérebro para as células nervosas. A percepção, o sono e o apetite são influenciados pelos níveis de serotonina. O LSD tem sua estrutura química muito parecida com a da serotonina e se encaixa como uma luva nos receptores deste neurotransmissor estimulando a ação desses receptores. Em alguns casos as drogas psicodélicas como o LSD super excitam os receptores de serotonina no córtex e em estruturas cerebrais profundas o que acaba por gerar as imagens fantásticas relatadas pelos usuários, isso meio que acaba misturando a realidade e a imaginação dos usuários. 
    Muitas fontes acreditam no chamado flash back por conta do uso do LSD sendo assim acho que vale a pena ser citado aqui no que consiste esse efeito. O LSD é lipossolúvel e portanto armazenado no em tecido adiposo, se em algum momento o tecido adiposo no qual esta molécula está alojada  for mobilizado para alguma via metabólica ocorre esse efeito de flash back podendo ocasionar problemas graves devido ao efeito inesperado causado no indivíduo.Algumas das fontes dizem que o LSD permanece para sempre no organismo em pequenas doses, por isso o tal flash back. Mas muitos daqueles que relatam o tal efeito são mentalmente doentes o que leva muitos psiquiatras e médicos de outras especialidades a sugerir que aquilo interpretado como um flash back pode ser uma manifestação de um de um quadro clínico relacionado a doenças mentais como o Distúrbio de Percepção Alucinógena Persistente em alguns usuários frequentes de LSD.
    Por falar nisso, esse efeito inesperado da droga pode desencadear aquilo que chamam de bad trip,  dependendo do contexto no qual a droga é utilizada ela tem um tipo de efeito desagradável sobre o usuário.
E o que é  mesmo essa bad trip? Uma viagem perturbadora pela utilização da droga. 
O LSD foi muito citado em movimentos de contra cultura como o movimento hippie e ainda ocorrem citações da droga em músicas famosas como a do link abaixo pertencente ao vasto acervo dos beatles.http://www.youtube.com/watch?v=rGFlkcnZRFI. John Lennon afirmou até o momento de sua morte que o título da música era baseada em um desenho seu filho quem somos nós para discutir com ele. 
Então pessoal espero ter sido esclarecedor nessa postagem, acho que é minha última postagem desse semestre, gostaria de agradecer muito àqueles que acompanharam nosso blog de perto e observaram sua evolução ao longo desse período é com um pouco de tristeza e alegria misturadas no meu coração que eu digo foi um prazer estar fazendo parte da vida de vocês caros leitores, mas é chegada minha hora de partir. Um grande beijo, nas meninas é claro. Tchau!
Bibliografia:
http://saude.hsw.uol.com.br/lsd.htm
http://paulgettynascimento.blogspot.com.br/2012/03/lsd-pode-ajudar-alcoolicos-parar-de.html
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAA8ysAA/toxicologia-basica
http://www.youtube.com/watch?v=Ipghv8kxiGM&feature=relmfu


Nenhum comentário:

Postar um comentário